Ninguém muda o que não vê.

29/02/2020 • Regina Migliori

Ninguém muda o que não vê.

É possível redefinir as reações emocionais, respondendo às emoções, em lugar de reagir. Todas as emoções têm uma razão de existir. Não há motivo para suprimir como nos sentimos. Uma emoção negativa aparece para sinalizar que algo precisa ser tratado. Quando deixamos de prestar atenção à emoção, tendemos a distorcer a maneira como percebemos o mundo, o que aumenta ainda mais a experiência desagradável. As emoções alteram a forma como pensamos, e esses pensamentos, por sua vez, minam nossas emoções novamente. Pensamentos e emoções afetam o modo como nos sentimos fisicamente, o que por sua vez também influencia nosso estado emocional. Esse ciclo continuará inalterado se não nos esforçarmos para conduzi-lo de forma mais saudável.

Treinar a consciência das emoções significa prestar atenção com mais frequência à maneira como nos sentimos.

Muitas vezes, os momentos da vida que mais lamentamos, são causados pelas nossas palavras ou ações, reagindo às pressas a situações emocionais ou intensas.

Aprender a responder, ao invés de reagir diante de circunstâncias desafiadoras, é algo que leva tempo e requer prática. As reações emocionais são automáticas. Parar, respirar, observar o que está sentindo e, em seguida, responder com presença, isso é resposta consciente.

Compartilho aqui alguns passos para praticar a resposta consciente diante de circunstâncias emocionais:

Reconheça as emoções, prestando atenção à medida que elas surgem. Faça isso com frequência.

NOMEIE qualquer emoção que notar.

Faça uma pausa, antes de dar o próximo passo. Respire fundo, evitando por um momento, fazer o que você normalmente faz com essa emoção.

Relaxe, procure dissolver qualquer sensação de tensão que a emoção lhe causar. Se você identificar algo útil a ser feito sobre como se sente, vá em frente. Caso contrário, sustente a pausa interna: “estou de mau humor, não é minha culpa ou de mais ninguém, e vai passar”. Deixe passar, em vez de retornar aos velhos hábitos reativos.

Comprometa-se a continuar praticando consciência emocional em lugar da reatividade. Os velhos hábitos mudam lentamente, não de uma só vez.

 

Regina Migliori




[voltar]